domingo, 2 de dezembro de 2012

Julgamento


Não te engane: o julgamento é a causa do sofrimento, não o mundo. 
Corrige teu olhar e tudo muda. Escolhe quais sementes tu regas. Se alguém te faz "mal", serena. 
Aí está mais uma oportunidade de perdoares a ti mesmo. Não há nenhum "mal" em todo universo que não tenha nascido do equívoco da tua própria mente. 
O teu irmão recebe apenas aquilo que lhe deste. Projetas sobre ele tudo aquilo que guardas no coração. 
Agora perdoa e aceita tua inocência outra vez. 
Contempla o reflexo de tua própria luminosidade.

O perdão como cura para a culpa


Nossa culpa inconsciente pode ser transformada através do perdão. 
Como vimos, nossa mente é quem projeta um sonho onde parecemos um ego distinto dos outros. Assim, cremos de fato que somos um indivíduo ao invés da mente que o sonha. O truque do ego é sempre atrair nossa atenção pros problemas do enredo, nos persuadindo de que existe "algo fora" capaz de nos atrapalhar ou impedir. Deste modo, damos consistência ao "eu", que só existe se houver um aparente limite externo pra contê-lo ou vitimizá-lo.

Como não temos consciência de que é nossa culpa inconsciente que gera o problema, vamos projetá-la nos nossos relacionamentos especiais. Quem estiver mais perto de nós será objeto de nosso julgamento. É assim que forjamos um filme no qual parecemos vítima de alguém. Jogamos a responsabilidade de nosso sofrimento pro lado de fora, como se isso camuflasse nossa decisão de ser infeliz. Vamos atacá-lo sem perceber que isso só preserva a culpa dentro de nossa mente. Nosso ego, inclusive, deseja exatamente assim, pois realça a crença na separação, em que o "eu" vítima é mais especial que o outro perpetrador. 

Portanto, antes mesmo de compreendermos que toda culpa deriva apenas da crença absurda de que nos separamos de Deus, o Eu Superior vai nos estimular a perdoar nossos relacionamentos. É um recurso que desfaz a ilusão com suavidade. Liberamos a culpa de nossa própria mente ao perdoar o outro. Parece que estamos perdoando alguém, mas, como tudo é uma projeção nossa, estamos perdoando a nós mesmos. Podemos ter uma existência maravilhosa se decidirmos olhar o mundo sem mágoa. A cada segundo, escolhemos ver culpa ou inocência. E essa escolha define a dádiva ou o fardo que levamos em nosso coração.

Escolhas


Sempre há duas maneiras de olharmos uma situação: através do ego ou do Eu Superior. Na verdade, qualquer problema desaparece no instante em que abandonamos o julgamento, abrindo a mente pra percepção certa. Porém, é preciso compreender do que se está falando, a fim de que evitemos a defesa de negar um problema que, para nós, se apresenta bem real.
O único "problema que existe" é esquecermos que somos uma mente que escolhe como interpreta aquilo que vê. Quando estamos identificados com o ego, acreditamos existir um mundo lá fora, independentemente de nossa percepção. Mas o mundo é só um símbolo neutro, ao que damos significado. Ele não existe como algo separado de nós (aliás, ele é uma projeção mental).
Como pode haver problema, se não existe nada fora de nós?
O ego sempre vai procurar problemas, pois necessita de um enredo no qual se confirme como vítima, a fim de esconder o fato de que ele mesmo é o responsável pelo mundo caótico que projeta. Só assim pode culpar alguém pela infelicidade que cultiva dentro de si.
O Eu Superior lembra nossa total capacidade de ver diferente. Sem julgamento ou mágoa, o mundo ganha o significado de uma sala de aula, cujo maior propósito é praticarmos a gentileza, pelo simples fato de que aquilo que damos é exatamente aquilo que recebemos. O que oferecemos ao mundo é o conteúdo que nossa mente preserva dentro de si. E, assim, quando um problema parecer se apresentar, podemos pedir a ajuda do Eu Superior para vê-lo de outro modo: como uma oportunidade de amar ao invés de separar.



segunda-feira, 13 de agosto de 2012

A escolha pelo perdão



Se nossa mente está apegada ao ego (como de fato está), 
vamos sofrer em qualquer roteiro possível de nossa existência. 
Mudando ou não de roteiro,
conquistamos nossa liberdade quando perdoamos
aquilo que parecia ser um problema e,
na verdade, continha a chave de nossa cura.
Deste modo, escolhendo outra vez,
nos decidimos pelo perdão e o efeito natural é paz.

Um Curso em Milagres



Ação e reação



"Cada pensamento, cada palavra e cada ação têm seu reflexo,
sua ressonância e sua reação. É um sinal de fraqueza culpar os outros por seus problemas.
Você deve suportar as conseqüências das suas próprias ações."


Sathya Sai Baba
 


terça-feira, 19 de junho de 2012

Através de ti



Hoje, o universo quer Sentir, Sorrir, Rir, Chorar e Ser
E tem de ser…através do teu Sentir.

Hoje, o universo quer ver suas estrelas, constelações e galáxias,
Quer contemplar e agradecer a dimensão do cosmos,
E tem de ser…através do teu olhar.

Hoje, o universo quer Amar ser Feliz, Sentir-se Amado,
Girar, Rodopiar, Dançar no espaço e no tempo,
Na demanda pela Causa Primeira,
E tem de ser…através de ti.

Hoje, o universo quer ser …plenamente,
E o hoje é o único momento que… é.

Hoje … o universo quer ser feliz!
E tem de ser…através de ti.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Soltar-se para a vida...



É preciso aprender que nada é definitivo em nossa vida...

As pessoas passam por nossa vida e nos marcam... Às vezes permanecem e outras não...

É preciso saber que nada é por acaso... Aqueles que vieram tinham algo a resgatar ou a acrescentar a nós...

Saber dizer adeus aos relacionamentos que muitas vezes estão gastos é ter a coragem de perceber que o Creador age em nós fazendo o que deve ser...

Aceite isso e viva mais leve e desapegado...

Ocupe-se em fazer na vida, aquilo que só depende de você... Preocupar-se com aquilo que depende dos outros é estar ocupando seu tempo com o que não pode ser controlado... Confie e solte o mundo... Assim sua vida ficará mais leve e seu fardo menos pesado...

As pessoas que passam por sua vida são o reflexo de você... Elas nunca te abandonam é você que se afasta de si, abandonando seu querer... Então não consegue estar inteira parecendo que te falta algo... Isso que te falta, é apenas um pouco de você..

O amor verdadeiro não se apega...

Solta para que o Ser amado possa ser feliz conforme escolher...

Pode de início parecer doloroso... Mas mais doloroso é segurar a pessoa que quer ir...

Não nascemos pra nos grudar em nada e em ninguém... A liberdade é do ser humano...

Sempre que aprendemos a soltar tudo, a vida vai nos levar onde devemos estar...

Felicidade não é uma coisa que se conquista, ela vive dentro e foge quando vamos buscar fora...

Feliz daquele que consegue apagar os acontecimentos do ontem ao anoitecer, sabendo que as raias de um novo dia, podem iluminar sua mente, trazendo a você uma nova consciência que o colocarão em contato, com novas possibilidades pra viver...

Jandira Moraes

Coragem




A palavra coragem é muito interessante. Ela vem da raiz latina cor, que significa "coração". Portanto, ser corajoso significa viver com o coração. E os fracos, somente os fracos, vivem com a cabeça; receosos, eles criam em torno deles uma segurança baseada na lógica. Com medo, fecham todas as janelas e portas – com teologia, conceitos, palavras, teorias – e do lado de dentro dessas portas e janelas, eles se escondem.


O caminho do coração é o caminho da coragem. É viver na insegurança, é viver no amor e confiar, é enfrentar o desconhecido. É deixar o passado para trás e deixar o futuro ser. Coragem é seguir trilhas perigosas. A vida é perigosa. E só os covardes podem evitar o perigo – mas aí já estão mortos. A pessoa que está viva, realmente viva, sempre enfrentará o desconhecido. O perigo está presente, mas ela assumirá o risco. O coração está sempre pronto para enfrentar riscos; o coração é um jogador. A cabeça é um homem de negócios. Ela sempre calcula – ela é astuta. O coração nunca calcula nada.


Torne-se comum e você será extraordinário; tente se tornar extraordinário e você continuará sendo comum.


OSHO 

Equilibrio


O que lhe torna uma pessoa pura é a alma e o coração,
 então, jamais perca seu equilíbrio, 
por mais forte que seja os desafios, 
todos nos somos capazes de acabar com os nossos próprios conflitos!

Eduardo Germano

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

A verdadeira essência da vida está dentro de você


Neste exato momento você pode se voltar para dentro de si mesmo, olhar para dentro de si. 

Nenhuma adoração é necessária, nenhuma reza é necessária. 

Tudo o que se precisa é uma jornada silenciosa em direção ao seu próprio ser. 

Eu chamo isso meditação – uma peregrinação silenciosa ao seu próprio seu. 

E no momento em que você encontrar o seu centro, você terá encontrado o centro de toda a existência.

Osho.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Renúncia



Renunciar não é desistir das coisas deste mundo,
mas aceitar que elas vão embora


Shunryu Suzuki-roshi  

  

A chave



‎"Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo.
Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave.
Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo".


Hermann Hesse

Quem segue o blog: